Uma área localizada às margens do Rio São Francisco Falso, na divisa entre os municípios de Santa Helena e Diamante do Oeste, na região Oeste do Estado, foi ocupada, há cerca de duas semanas, por 22 famílias indígenas do povo Guarani, provenientes da terra Awá Guarani do Ocoy, localizada no município de São Miguel do Iguaçu. A posse da área é reivindicada pela empresa Itaipú, pois está sobre a margem de proteção do lago da hidroelétrica, que avançou sobre o São Francisco Falso.

Segundo os índios, a mobilização se deve ao não cumprimento de promessas feitas por órgãos públicos para solucionar a problemática da super povoação da área. A terra indígena Awá Guarani do Ocoy foi constituída no início da década de oitenta, é formada por 230 hectares e tem como residentes cerca de seiscentos índios Guarani.

A situação no local vem sendo acompanhada pelo Ministério Público Federal de Foz do Iguaçu, sendo que os índios demonstram intenção de permanecer acampados até que hajam respostas objetivas no intuito de regularizar as terras Guarani na região.