A pouco mais de uma semana do Natal, muita gente ainda se preocupa com o que vai preparar para a ceia do dia 24. Especialistas no assunto garantem que pode ser servida uma grande variedade de pratos, adequados a todos os gostos e bolsos.

Segundo o chefe de cozinha do Hotel Bourbon de Curitiba, Pedro Alves da Silva, uma ceia mais sofisticada deve conter como pratos principais bacalhau e peru, ave já bastante tradicional no Natal. Como acompanhamento, é indicado arroz com castanha portuguesa, amêndoa e macadamia. "Outros complementos podem ser uma farofa com frutas secas e legumes na manteiga com molho shoyo", sugere Pedro. "De sobremesa, uma ceia sofisticada pode ter gauteaux de chocolate com menta, que é servido gelado, e uma torta de frutas com nozes."

As frutas indicadas para serem usadas tanto como acompanhamento dos pratos salgados quanto nas sobremesas são a maçã, a manga, o melão (que pode ser servido grelhado), o kiwi, a carambola, o figo e a romã, que também pode ser adicionada a saladas ou utilizada em molhos preparados para carnes vermelhas.

Já em uma ceia mais simples, mas nem por isso menos saborosa, o chefe e instrutor de cozinha do restaurante do Senac, também na capital, Lúcio Marcelo Chrestenzen, aconselha substituir o peru pelo frango, acompanhado de farofa e frutas da estação, como pêssego, uva e abacaxi. Como complementos, podem ser utilizados fios de ovos – facilmente encontrados prontos para venda – arroz branco e uma salada de folhas verdes. "Na salada podem ser utilizadas folhas de tons diferentes, dando um colorido à mesa", comenta Lúcio. Como sobremesa, pode ser servida uma torta cítrica, feita à base de limão e com massa podre. As frutas da estação também são indicadas e bem aceitas como sobremesa pela maioria das pessoas.

A ceia mais sofisticada deve começar a ser preparada 24 horas antes de ser servida, em função do bacalhau, que deve ser preparado com bastante antecedência. Ela custa, em média, R$ 10 por pessoa. A ceia mais simples leva cerca de cinco horas para ficar pronta e custa cerca de R$ 5 por pessoa. Receitas e dicas para o preparo de ceias, tanto mais caras quanto mais econômicas, podem ser encontradas no site do Senac-PR: www.pr.senac.br.

Nutricionista

Para comer de tudo mas sem passar mal, a nutricionista Alexandra Fontes Ferreira da Silva aconselha as pessoas a não cometerem exageros no dia da ceia. "As pessoas não devem se privar de nada, mas moderar na quantidade dos alimentos e também de bebidas alcoólicas, que devem ser intercaladas com copos de água", aconselha. Na semana anterior ao Natal, a dica é manter uma dieta mais leve, mas com refeições completas. Frutas e saladas são ideais.

Para evitar possíveis riscos de contaminação dos alimentos, capazes de gerar intoxicações, os cuidados devem começar no momento da compra dos produtos. "Os consumidores devem prestar atenção à data de validade dos alimentos, se as embalagens não estão danificadas e se latas não estão amassadas." Em casa, os alimentos não devem permanecer em temperatura ambiente e a higiene da cozinha e das mãos no momento do preparo devem ser mantidas.