enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Greves: professores têm assembleia hoje

PRF adere à paralisação nacional e PF segue parada

  • Por Cláudia Palaci

A Polícia Rodoviária Federal no Paraná adere à paralisação nacional por tempo indeterminado a partir de quinta-feira. Há estados em greve desde ontem, conforme decisão da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF). Apenas os acidentes nas rodovias federais serão atendidos. A entrega de boletins de ocorrência, processos de recursos de multas, fiscalização de cargas, sonegação de impostos e crimes de trânsito serão prejudicados com a greve. Até quinta-feira, o trabalho segue normalmente.

Já os policias federais, há quase duas semanas parados, continuam hoje com a “operação sem padrão” nos aeroportos e fronteiras do País. Ao contrário do que vinha sendo feito desde o início da greve, revistas em bagagens e pessoas estão suspensas devido à proibição do Superior Tribunal de Justiça. As categorias reivindicam plano de carreira, maior efetivo e reajustes salariais. O governo sinalizou para hoje a apresentação de proposta aos manifestantes.

Em greve desde 17 de maio, os professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), em parceria com os técnico-administrativos, se reúnem hoje em assembleias para debater a contraproposta que deve ser entregue amanhã pelo Comando Nacional de Greve ao governo federal. A reestruturação da carreira e melhores condições de trabalho são os pontos fortes de reivindicação.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas