A greve dos trabalhadores da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está confirmada para começar hoje. Não houve acordo entre a empresa e os funcionários ontem, em reunião intermediada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

Com a paralisação, durante a qual o Sindicato dos Trabalhadores em Saneamento (Saemac) garante a presença de apenas 30% do efetivo, os serviços de água e esgoto de Curitiba e região metropolitana podem ser afetados, alerta o sindicato da categoria, que agrega 150 trabalhadores.

Uma nova reunião entre as partes foi marcada para a tarde da próxima segunda-feira, na sede do MPT, na qual a Sanepar pode apresentar nova proposta aos funcionários.