Uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel-PR) entre os dias 8 e 10 de janeiro com donos de bares restaurantes e pousadas no litoral paranaense apontou que uma das poucas reclamações que os empresários do Litoral têm é em relação à falta de mão-de-obra qualificada. Pensando nisso a Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social oferece os cursos de qualificação profissional voltados para as principais necessidades regionais. De fevereiro até abril serão realizados cursos em Matinhos, Guaratuba e Paranaguá.

Para o secretário do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Nelson Garcia, os cursos vão ser essenciais para que nas próximas temporadas os trabalhadores consigam bons empregos. ?Com os cursos os alunos vão conseguir melhores vagas e agradar empregadores e turistas. Nossa expectativa é que com mão-de-obra qualificada o número de empregos no litoral aumente ainda mais?, comentou ele.

O secretário falou também sobre a escolha dos cursos, que é feita de acordo a necessidade dos trabalhadores, que solicitam as atividades e áreas sobre as quais desejam aprender durante os cadastros feitos nas Agências SINE. Segundo ele, a lista dos cursos é pensada e estudada para suprir as necessidades da região em que o trabalhador more.

Os Escritórios Regionais da Secretaria do Trabalho recebem a demanda das Agências e listam os cursos para o Conselho Municipal, que aprovam e encaminham os pedidos para a Secretaria. ?Então nós homologamos o pedido no Conselho Estadual do Trabalho e trabalhamos para oferecer o melhor para os paranaenses?, explicou Garcia.

Em Matinhos e Guaratuba serão ofertadas vagas para produção e transformação do pescado. Os trabalhadores de Matinhos vão receber também aulas de serviços de cabeleireiro e em Guaratuba os interessados podem assistir as aulas de auxiliar de padaria e confeitaria. Já em Paranaguá o curso ofertado é de mecânica de barcos. Ao todo serão 115 alunos no litoral.

Em todo o Estado mais de 6,8 mil pessoas vão assistir as aulas com o objetivo de aprender ou melhorar suas atividades profissionais. Serão 342 turmas em 180 municípios do Paraná. As atividades começam na primeira quinzena de fevereiro e as inscrições devem ser feitas nas Agências do Trabalhador -SINE- das cidades participantes.

Cerca de de 40 mil educandos já foram atendidos pelo Plano Territorial de Qualificação, desde o início do Governo Requião. Graças à recursos do Estado e do Governo Federal foram investidos R$ 16,6 milhões entre os anos de 2003 e 2007. Este ano, os cursos que começam em fevereiro e vão até abril representam um investimento de R$ 3,5 milhões.

Todas as atividades são gratuitas e cada curso tem um público específico. Para saber mais sobre os cursos disponíveis em sua cidade e verificar se você pode se cadastrar para as aulas procure a Agência do Trabalhador de sua cidade e consulte o site da Secretaria.