Depois de interdição cautelar de todos os lotes do hormônio de crescimento Biomatrop® 4 UI (Somatropina) pelo Centro Estadual de Vigilância Sanitária na semana passada (20), a Secretaria de Estado da Saúde adquiriu a Somatropina de outro laboratório para substituir os medicamentos interditados. A distribuição começou nesta segunda-feira (26) e até o fim desta semana será entregue a todas as regionais de saúde do Estado.

“Cerca de 30 pacientes apresentaram processos alérgicos, então, tomamos uma medida preventiva para evitar que os mais de 2 mil pacientes que recebem o hormônio pelas farmácias do Governo do Estado também tenham a mesma reação adversa”, explica o diretor do Centro Estadual de Vigilância Sanitária, Paulo Costa Santana. Os pacientes serão avisados sobre a data para retirar os novos medicamentos. No momento da retirada, é necessário levar o medicamento anterior para que seja feita a devolução.

A compra emergencial substitui a Somatropina 4 UI produzida pelo laboratório Aché-Biosintética. Atualmente, 3.378 pessoas fazem uso contínuo de Somatropina no Estado através do Sistema Único de Saúde (SUS). Do total de pacientes que recebem o hormônio de crescimento nas farmácias estaduais, 2.256 utilizam o Biomatrop® 4 UI, e 1.122 a Somatropina 12 UI. Estes últimos não precisaram interromper o tratamento.

Os pacientes devem aguardar a comunicação da Farmácia do Paraná para a retirada do novo hormônio, que deve ocorrer entre esta e a próxima semana, de acordo com cada Regional de Saúde. Em caso de dúvidas podem procurar a Ouvidoria Geral da Saúde pelo telefone 0800 644 4414 ou pela internet clicando no link da Ouvidoria na página www.saude.pr.gov.br.