A gestão do Hospital e Maternidade Bairro Novo (Centro Comunitário) será conduzida, a partir do dia 8 de março, pela Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes). A decisão foi tomada na noite de quinta-feira (14), durante reunião extraordinária do Conselho Curador da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes), que já é responsável pela gestão do Hospital do Idoso.

A diretora geral da fundação, Tereza Kindra, ressaltou que a filosofia de atendimento que a Feaes implantou no Hospital do Idoso será adotada nos processos de atenção do Hospital e Maternidade do Bairro Novo.

A gestão da unidade é realizada por meio de convênio com a Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba, gestora do Hospital Evangélico. No entanto, na última sexta-feira (08), a Sociedade Evangélica enviou ofício à Secretaria Municipal de Saúde comunicando não ter condições de continuar prestando os serviços necessários no Hospital do Bairro Novo. O convênio venceria no dia 15 de abril.

O secretário municipal de Saúde, Adriano Massuda,destacou a urgência do processo para dar continuidade aos trabalhos realizados no local. “Este hospital não pode fechar. Estamos agindo para resolver um problema emergencial, mas este também é um passo sólido para transformá-lo em referência na saúde da mulher”, explicou.

Sobre a antecipação da rescisão do contrato – que deverá ocorrer nos próximos dias–, o secretário explicou aos conselheiros que desde o comunicado do Evangélico a Secretaria vem redirecionando profissionais do seu quadro de funcionários para cobrir as escalas. “Estamos trabalhando para manter o funcionamento efetivo da maternidade”, salientou. A Secretaria enviou dois auditores para acompanhar a transição da gestão.

Contratação de profissionais

A Feaes vai contratar cerca de 150 profissionais da área de assistência hospitalar e administrativa. Quem já participou do processo seletivo para o Hospital do Idoso vai ser chamado, de acordo com a ordem de classificação. As categorias que não constam na lista de espera participarão de um novo processo seletivo. O edital deve ser divulgado nos próximos dias.