Trabalhadores dos Correios de todo o Paraná realizam uma paralisação de 24 horas nesta quarta-feira (27), integrando um ato nacional que também conta com a adesão de outros 22 sindicatos do Distrito Federal e de 16 estados brasileiros (Amazonas, Alagoas, Ceará, São Paulo, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Bahia, Goiás, Pará, Acre e Mato Grosso do Sul). 

No Paraná, a paralisação atinge agências dos municípios de Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa, Pérola, Morretes, Bocaiúva do Sul, Colombo, Matinhos, Praia de Leste, Rio Branco do Sul e Itaperuçu. Em Curitiba, trabalhadores bloquearam a saída de caminhões do SEDEX e a entrega está paralisada.

O ato integra o Calendário de Lutas da categoria, definido em janeiro no CONSIN – Conselho dos Sindicatos filiados à Fentect. As principais reivindicações da categoria são a manutenção de postos de trabalho, melhores condições de trabalho e segurança nas agências. A mobilização também serve como protesto contra o rombo do Postalis e contra a privatização dos Correios.