Os curitibanos podem se preparar para enfrentar muito frio a partir da noite de hoje. Os institutos de meteorologia estão prevendo para os próximos dias queda brusca da temperatura em todo a região Sul do Brasil. No Paraná, os termômetros devem registrar marcas abaixo de zero no sul e no centro do Estado, inclusive com possibilidade de neve, até em Curitiba.

A possibilidade de nevar na cidade é considerada baixa, mas não é descartada. Segundo a meteorologista Ana Beatriz Porto da Silva, do Instituto Simepar, as condições mais propícias para nevasca acontecem na madrugada de hoje para amanhã. “Há condição favorável em alguns pontos do sul do Paraná, com muita umidade e temperaturas baixas”, afirma.

Divergências

Mas Beatriz considera muito difícil que a neve atinja a capital. “Aqui, a umidade geralmente diminui muito rápido e não permite que a neve se forme. As chances são maiores no sul da região metropolitana, em cidades como Palmas, General Carneiro e até São Mateus do Sul”, avalia.

O Simepar prevê chuva e temperatura entre 6 e 9 graus hoje. Amanhã, a previsão é de tempo nublado, com termômetros marcando entre 1 e 7 graus. A partir de quarta-feira, o céu fica aberto, mas o frio será ainda maior, com registro de zero grau.

Porém, há divergências entre os institutos. O Somar Meteorologia prevê para Curitiba temperatura mínima de -3 graus na quarta-feira. Na quinta, mínima de -1 grau e previsão de neve. Já a agência Climatempo considera pequena possibilidade de ver a repetição do fenômeno, registrado pela última vez na cidade em 1975, mas aponta boas chances em Ponta Grossa e Castro.

Mesmo que a neve não venha, é certo que este inverno ficará marcado como o mais rigoroso dos últimos cinco anos. A expectativa é que a cidade continue registrando temperaturas mínimas abaixo dos 10 graus pelo menos nos próximos dez dias.