À meia-noite de hoje termina o horário de verão. Os moradores dos estados que têm o horário devem atrasar os relógios em uma hora. Segundo especialistas, o retorno ao horário normal pode gerar problemas no sistema imunológico, principalmente das crianças e idosos.

De acordo com a psiquiatra e neurofisiologista Gisele Minhoto, a principal conseqüência do adiantamento de uma hora nos relógios é a alteração no sono. Segundo ela, o retorno ao horário normal não faz mal à saúde, mas mesmo assim as pessoas devem tentar se adaptar o mais rápido possível para evitar pequenos incômodos, como ficar sonolento durante o dia. ?Uma dica é ir dormir uma hora depois do habitual e acordar no horário em que está acostumado. Isso ajuda à adaptação mais rápida?, orientou a médica.

Ela lembra que geralmente as conseqüências da mudança são mais evidentes quando o horário de verão começa, e não quando termina. ?Principalmente para quem tem dificuldade de se adaptar: a pessoa dorme em um horário e acorda em outro?. Com o sono irregular, a tendência é que as pessoas se sintam mais cansadas durante o dia, menos atentas e irritadas, segundo a especialista. O comum, segundo ela, é que esses sintomas perdurem pelas primeiras 24 horas, ou até mesmo dois dias. Caso continue por mais tempo, o corpo sofrerá mais. ?Aí o sistema imunológico fica mais fraco e suscetível a doenças?, disse.

O horário de verão é instituído nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Em 2006, o sistema começou a valer em cinco de novembro por causa das eleições, mas normalmente já começa no segundo fim de semana do mês de outubro – é nessa época que os dias começam a ficar mais longos.

Opiniões diferentes

Se o sistema agrada algumas pessoas, ele provoca a insatisfação de outros, já que o dia começa cedo, ainda noite. A professora Desireé Marie dos Santos, de 35 anos, disse que ?odeia? o horário de verão porque acorda às 6h. ?Quando acordo ainda está totalmente escuro, sem falar que chego na sala de aula sonolenta. E meus alunos também ficam desatentos?, disse. Ela reclamou que isso até prejudica o desempenho das crianças.

Já para o ferramenteiro Fábio Borges Santana, de 28 anos, o horário de verão é muito proveitoso. ?Eu tenho mais tempo para curtir o dia, fazer um happy-hour. Com o horário normal, que escurece mais cedo, desanima fazer essas coisas?. O vendedor Luís Alberto Floriano, 28, compartilha da opinião de Santana, mas vê um pequeno problema no horário de verão. ?Fora o fato de que tem que acordar mais cedo, o horário de verão só tem vantagens?.