enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Festival aéreo movimenta Aeroclube do Paraná

  • Por Elizangela Wroniski

Fábio Alexandre/O Estado
Mário Tetto: ?Público esperado é de 25 mil pessoas?.

Os amantes da aviação vão ter um fim de semana cheio em Curitiba. Durante o 2.º Festival Aéreo do Aeroclube do Paraná, que começa hoje e termina amanhã, os visitantes vão poder assistir a shows de acrobacias, pára-quedismo, apresentações da Esquadrilha da Fumaça e de caças AMX, vindos do Rio Grande do Sul, além de ver aeronaves antigas e tanques de guerra. As atividades começam às 10h e se estendem até as 18h.

Segundo o presidente do Aeroclube do Paraná, Mário Tetto Sobrinho, o público esperado este ano deve girar por volta de 25 mil pessoas. Uma das atrações mais esperadas é a Esquadrilha da Fumaça, que deve sobrevoar o aeroclube durante 30 minutos fazendo uma série de evoluções. No entanto, o horário e o dia da apresentação ainda não estão confirmados. Dependendo do tempo, pode ser hoje à tarde ou domingo pela manhã. O público vai ter que contar com uma certa dose de sorte.

Outra grande atração do fim de semana é a apresentação dos caças AMX, que alcançam até 1.100 quilômetros por hora. Ao meio dia de amanhã, eles vão cortar o céu do aeroclube a cerca de 500 quilômetros por hora, a uma altura de 150 metros. Uma velocidade maior poderia causar vários estragos devido a baixa altitude.

Mas não é só isto, o público também vai poder perder o fôlego com demonstrações de vôos, planadores, ultraleves, pára-quedistas, além de exposição de aeronaves civis e militares e equipamentos militares, policiais e da aeronáutica. Um dos aviões que chamam a atenção é o PT 19 feito de madeira, tela e alumínio de 1936. Até 1978, ele serviu ao correio brasileiro e depois foi doado ao aeroclube paranaense. ?Só existem seis deste modelo no Brasil, sendo apenas três em condições de vôo, inclusive o nosso?, diz Mário.

O festival acontece a cada dois anos e a segunda edição também vai comemorar o 100.º aniversário do primeiro vôo de uma aeronave mais pesada que o ar, o 14 Bis, de Alberto Santos Dumont, em Paris, em 1906. Para os dois dias de festival são esperados visitantes dos interiores do Paraná e São Paulo, Amazonas, Rio de Janeiro e Ceará. A entrada é franca.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas