Assim como já ocorrido em grandes centros como São Paulo e Rio de Janeiro, estudantes ocuparam uma escola em Maringá, no norte do Paraná, na última quarta-feira, para protestar contra a precariedade da merenda.

O caso aconteceu no Colégio Estadual Gerardo Braga. Os alunos reclamam da quantidade e da qualidade do alimento. De acordo com os estudantes, não há legumes, verduras e até mesmo falta carne na merenda.

Os manifestantes também pediram um maior rigor na investigação da Operação Quadro Negro, que foca no desvio de recursos públicos de obras de escolas estaduais. O protesto não tem data para terminar, de acordo com os estudantes.