A educação municipal de Curitiba deu um novo salto em tecnologia. Desde julho, quatro escolas municipais têm acesso à internet sem fio e até o fim de setembro outras 20 unidades receberão a novidade. A conexão sem fio integra o programa Conexão Escola, que vai disponibilizar 20 mil netbooks (versão menor e mais leve dos laptops) para os estudantes usarem nas salas de aula.

Conhecida como wi-fi, a internet sem fio permite a conexão em todo o espaço da escola e também em seu entorno, beneficiando famílias, comércio e serviços. A rede foi desenvolvida para a Secretaria Municipal da Educação pelo Instituto Curitiba de Informática (ICI), instituição responsável pela pesquisa e desenvolvimento de soluções de informática voltadas à gestão pública.

O sinal gratuito de internet alcança as proximidades de cada instituição, em um raio de 200 metros da antena e pode ser acessado por qualquer dispositivo com tecnologia wi-fi.

“O serviço amplia a inclusão digital e promove avanços na vida dos estudantes, além de beneficiar a população do entorno das escolas”, explica o diretor-presidente do ICI, Renato Rodrigues. “Com isso, é possível acessar a internet, receber e enviar e-mails e fazer pesquisas escolares. É uma porta de entrada ao mundo digital para pessoas de todas as idades.”

A previsão é que toda a rede municipal de ensino, com 181 escolas, seja coberta progressivamente. As primeiras unidades a oferecer internet wi-fi são Rachel Mader de Oliveira (Uberaba), Professora Nathália de Conto Costa (Umbará), João Amazonas (Campo de Santana) e Centro de Educação Integral Júlio Moreira (São Braz).

Conexão escola – os computadores portáteis das escolas foram adquiridos com recursos do Programa Um Computador por Aluno (Prouca), do governo federal.

Para complementar a ação, a Prefeitura investiu na compra do software educativo Aprimora, na capacitação dos professores, aquisição de armários especiais e na rede de conexão sem fio. O ICI implantou os novos links de fibra óptica nas escolas e disponibilizou sinal wi-fi para acesso à internet.

“Hoje não se pode mais pensar em educação sem pensar em tecnologia, por isso a internet wi-fi nas escolas é um ganho tão importante”, destaca a secretária municipal da Educação, Liliane Sabbag.