Diariamente, 115 pessoas sofrem acidentes com cães no Paraná. No ano passado, foram 42 mil ocorrências no Estado, das quais 14,7 mil (34%) em Curitiba e região. Para tentar minimizar esses números, Copel, Correios, Sanepar e Cavo se uniram para uma campanha de prevenção de acidentes com cães – a PrevenCão. O objetivo é desenvolver ações que ajudem a conscientizar a população sobre a importância dos cuidados com os animais de estimação.

Só a Sanepar registrou 42 ataques a leituristas neste ano – quatro apenas na semana passada. Em 2012, foram 142 casos. Segundo César Juschaks, coordenador de operação do faturamento da empresa, esses números são considerados altos. “São acidentes que podem não ter gravidade, mas de alguma maneira causam algum tipo de transtorno psicológico nos nossos colaboradores”, relata. Diante da situação, a empresa inicia nesta semana a distribuição de cartilha, com orientações aos proprietários dos cães.

“Muitas vezes, os donos não têm o devido preparo para cuidar de certas raças de cachorro, como pitt-bulls, rottweiler e outros cães de guarda. Também queremos que facilitem o trabalho dos leituristas, deixando os portões trancados, colocando grades adequadas ao tamanho do cachorro, evitando assim que a cabeça do animal passe pelo vão, e construindo muros altos, impedindo que o cão pule”, explica Juschaks.

Dicas

A cartilha também orienta que os moradores facilitem a leitura, colocando o hidrômetro num local de fácil acesso e a caixa de correio numa altura que os cães não alcancem a mão dos trabalhadores. A ação conjunta também visa melhorar as condições de trabalho de carteiros, garis e leituristas da Copel. “Trabalhamos como se fosse uma empresa só, porque nossas equipes de campo sofrem com este problema de ataques de cães. Então o objetivo é que a ação atinja todos esses trabalhadores”, explica Juschaks.