A duplicação da última etapa da rodovia entre Cascavel e Toledo (BR-467), nos dez quilômetros que cortam Cascavel, será finalizada em maio. A conclusão da mais importante obra rodoviária do Paraná nos últimos anos foi anunciada pelo secretário dos Transportes, Rogério Wallbach Tizzot, em visita às obras, nesta quinta-feira (10).

?A obra está nas últimas etapas. Faltam alguns trechos de recuperação da pista antiga e serviços de acabamento. Estimamos que até o final de maio possamos fazer a entrega total da duplicação, com toda a sinalização concluída?, disse.

A duplicação no perímetro urbano é a última fase das obras nos 45 quilômetros que separam os municípios de Cascavel e Toledo. Desde fevereiro do ano passado os motoristas já trafegam em duas pistas nos outros 35 quilômetros da via.

No mês passado, metade do trecho que corta a cidade de Cascavel foi aberta ao tráfego. O segmento de cinco quilômetros da rodovia, desde o cruzamento com a avenida Jorge Lacerda, passando pelo Ceasa até a proximidade do ginásio de esportes São Cristóvão, já vem sendo utilizado com segurança pelos moradores.

Segundo técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), as máquinas e os operários trabalham em serviços de acabamento como implantação das barreiras de concreto, que vão dividir as pistas, meio-fio, calçadas e vegetação ao longo da rodovia.

?Neste último trecho aplicamos o asfalto borracha. É uma técnica relativamente nova e que dá mais durabilidade e qualidade ao pavimento. Ao mesmo tempo, as empresas realizam os serviços de acabamento?, afirmou o secretário dos Transportes.