Representantes dos sindicatos de proprietários e funcionários de casas de bingo se reuniram ontem na Delegacia Regional do Trabalho no Paraná (DRT-PR), em Curitiba. A reunião foi convocada pela própria DRT para buscar um acordo sobre a dispensa e pagamento de direitos dos cerca de 4 mil trabalhadores, demitidos em razão do fechamento dos bingos. A principal decisão foi que os donos de bingo se comprometeram em readmitir os funcionários se as casas voltarem a funcionar.

De acordo com o chefe do setor de Relações do Trabalho da DRT-PR, Luiz Fernando Fávaro Busnardo essa foi a primeira de outras reuniões que deverão acontecer para discutir as demissões. “O objetivo é formar um consenso entre as entidades envolvidas, com vistas de agilizar o pagamento de salários, rescisões e acesso aos benefícios previstos em lei”, disse Busnardo. Os acertos feitos entre os representantes foram registrados em ata, e deverão padronizar as ações a partir de hoje. O chefe da DRT adiantou que proprietários de outros dois bingos serão convocados para conversar em separado porque demitiram os funcionários por justa causa.

No acordo de ontem, os donos de bingo se comprometeram a pagar o saldos dos salários, a partir da data de saída, bem como, a devolver as carteiras de trabalho e fornecer os termos rescisórios e guias para solicitação do seguro-desemprego. Aos funcionários que trabalhavam há menos de seis meses, e não tem direito ao seguro, serão pagas as verbas rescisórias normais.

Quanto aos trabalhadores, será necessário definir qual sindicato profissional vai representar a categoria, já que o Sindicato dos Trabalhadores nas Empresa se Bingo e Videoloteria do Estado do Paraná ainda está em fase de registro junto ao Ministério do Trabalho e Emprego. As outras entidades ? como o sindicato que representa os empregados de edifícios e condomínios, ou de empregados de hotéis, bares e similares ? caso sejam procuradas pelos funcionários deverão avaliar cada caso de acordo com o interesse do trabalhador, preservando os direitos a permitir o acessos aos benefícios do FGTS e seguro-desemprego.