Curitiba ultrapassa hoje a marca de 20 dias sem chuva e provavelmente irá superar o registro de 2010, quando não choveu por 23 dias entre agosto e setembro. É possível ainda que se iguale a 2007, com 27 dias sem chuva no mês de agosto. A previsão do Instituto Meteorológico Simepar mostra que as condições dos últimos dias devem se repetir nesta semana, com tempo seco, temperaturas consideradas altas para esta época do ano no período da tarde e madrugadas frias.

A mudança na temperatura depende do avanço de frentes frias pela região Sul. Ontem, por exemplo, uma massa de ar frio estava estacionada no Rio Grande do Sul, mas sem força suficiente para chegar ao Paraná e afastar o calor fora de época. “Normalmente nessa época do ano é natural que chova pouco, agosto é o mês que menos chove. O que não é normal é o calor”, explica o meteorologista Samuel Braun. Assim como na semana passada, as temperaturas nos próximos dias devem variar entre mínimas na casa dos 10 graus e máximas de 23 a 25 graus.

A situação se repete no resto do estado. Em Londrina não chove desde o dia 12 do mês passado e o meteorologista não descarta “precipitação zero” na cidade em agosto. “Nas outras regiões a previsão não muda muito em relação à chuva nos próximos sete dias. Tem pequena possibilidade de chuva no sudoeste, mas é muito baixa”, diz.