A Prefeitura de Curitiba programou para 2008 várias mudanças no transporte coletivo para melhorar a qualidade do serviço e o conforto dos passageiros. Os destaques são os "ligeirões"; a continuidade da renovação da frota do transporte coletivo; a reforma e reconstrução de terminais e estações-tubo; e a primeira linha de ônibus rodando na Linha Verde. "A melhoria permanente é garantia de qualidade do serviço. O reconhecimento internacional à qualidade do transporte coletivo curitibano não é motivo para se acomodar", afirma o prefeito Beto Richa.

A Prefeitura de Curitiba está investindo mais de R$ 300 milhões em projetos de infra-estrutura de médio e grande porte para a área de transporte. "O passageiro curitibano é exigente, por isso estamos sempre em busca de soluções inteligentes, investindo com responsabilidade no aperfeiçoamento do serviço de transporte", diz Richa.

Os curitibanos vão ganhar em 2008 uma nova alternativa de deslocamento: os "ligeirões". São linhas que vão rodar nas canaletas, com o mesmo itinerário dos biarticulados, mas que só vão parar nos terminais. Enquanto os expressos fazem o embarque e desembarque de passageiros em todas as estações-tubo, a cada 500 metros da canaleta, os ligeirões vão ultrapassar os biarticulados para transportar com mais rapidez os passageiros que não precisam ficar no meio do caminho.

Para permitir a ultrapassagem nas canaletas, será preciso desalinhar as estações-tubo, que hoje ficam uma de frente para a outra. As obras começarão pela Marechal Floriano Peixoto, onde vai rodar o ligeirão Boqueirão. As obras também vão começar, ainda em 2008, nas canaletas do eixo Norte/Sul, que vai do terminal Santa Cândida aos terminais do Capão Raso e Pinheirinho.