Ontem foi o dia mais frio do ano em Curitiba. Os termômetros chegaram a marcar 10,5.ºC por volta das 11h30. A estação do Instituto Tecnológico Simepar de Salto Osório, na região oeste do Paraná, registrou a temperatura mais baixa do Estado, de 10,2.ºC.

Já o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) apontou que a temperatura mais baixa no Paraná ontem foi em Inácio Martins (o município mais alto do Estado), no centro sul do Paraná, onde os termômetros marcaram 10,1.ºC.

No entanto, por conta do vento frio, a sensação térmica em alguns pontos chegou até a metade desses valores, como ocorreu em São José dos Pinhais, ontem pela manhã.

De acordo com o meteorologista do Simepar, Marcelo Brauer, o frio foi causado por uma massa de ar frio que chegou ao Paraná no último domingo. No entanto, quem não gosta desse friozinho pode se animar, pois a massa fica no Estado por três dias, o que significa que a partir de hoje a tendência é de que ela se desloque para o oceano. Essa oscilação é típica de outono.

“E então volta a esquentar um pouco mais. Claro que não como no verão, mas no outono há esses períodos de transição”, explicou Brauer. Outra cidade bastante fria do Paraná, General Carneiro, registrou ontem 11,6.ºC.

O Sol já apareceu tímido ontem em todo o Estado, após uma noite de chuvas. Com o deslocamento da massa de ar frio para o mar, a previsão é de que o Sol se mantenha no restante desta semana em todo o Paraná. E as temperaturas, até sábado, vão subindo gradativamente.

Segundo o Simepar, hoje ainda continua um pouco mais frio. Em Curitiba, os termômetros devem marcar entre 10.ºC e 17.ºC. Amanhã, a máxima chega a 19.ºC na capital e, na sexta-feira, a 21.ºC.

Já no litoral do Paraná, a temperatura máxima hoje será de 24.ºC, e amanhã, 25.ºC. Na região oeste, a temperatura fica semelhante ao litoral. Já na região centro-sul do Estado, onde está localizada Guarapuava, o frio será mais intenso: hoje deve fazer 8.ºC, no mínimo, e 20.ºC, no máximo.