O cônsul geral da Espanha no Paraná e São Paulo, Ricárdo Martínez Vasquez, foi recebido pela vice-prefeita de Curitiba e secretária municipal do Trabalho e Emprego, Mirian Gonçalves, nesta terça-feira (11). O encontro deu início a uma relação de intercâmbio entre a Espanha e Curitiba para além da Copa do Mundo FIFA 2014.

Na reunião, da qual participaram secretários municipais, foi apresentado um resumo das ações de Curitiba para acolher as delegações para os jogos mundiais, especialmente a da Espanha – que joga no dia 23 de junho, na Arena da Baixada, contra a Austrália.

“Vamos elaborar um documento, a ser entregue ao embaixador da Espanha no Brasil, Manuel de la Cámara Hermoso, contendo as intenções de parceria nas áreas da cultura, planejamento urbano, segurança, meio ambiente, turismo, gastronomia, energia renovável, metrô”, explicou Mirian Gonçalves, informando que o embaixador deve fazer sua primeira visita oficial a Curitiba nos dias 17 e 18 de março.

Vasquez disse que Curitiba é uma cidade exemplo em urbanismo, mobilidade e acessibilidade, muito apreciada pelo turista europeu e que oferece, acima de tudo, qualidade de vida.

O secretário municipal extraordinário para a Copa, Reginaldo Cordeiro, disse que Curitiba está preparada para receber turistas e torcedores. “Vamos fazer o melhor, com tranquilidade e segurança”, afirmou. “Em 13 meses de administração do prefeito Gustavo Fruet fizemos desapropriações, cumprimos as licitações, treinamos pessoas e vamos sediar a Copa do Mundo, além de entregar à população obras de grande importância na área da mobilidade e infraestrutura”, disse.

Acompanhado de Mirian Gonçalves, o cônsul visitou o centro histórico da cidade, a Ópera de Arame e o Solar dos Guimarães, que vai ser o centro do Brasil Voluntário em Curitiba.