Curitiba manteve em 2012 a quarta colocação entre os maiores Produtos Internos Brutos (PIBs) do país, atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

A capital paranaense ficou à frente de capitais maiores, como Belo Horizonte e Salvador, e contribuiu naquele ano com 1,35% do PIB total do país medida de todas as riquezas produzidas durante um ano.

Apesar de estar no grupo das cidades mais ricas do país, Curitiba não está entre os 100 maiores PIBs per capita, medida da riqueza gerada por pessoa.

No Paraná, o maior PIB per capita em 2012 foi o de Araucária (R$ 108 mil por pessoa), que ocupou a 23ª colocação do país, impulsionada pelo funcionamento da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar).

O maior valor do país foi registrado na cidade de Presidente Kennnedy, no Espírito Santo (R$ 511 mil), pequena cidade que tem operações de petroleiras.

Além de Curitiba, outras sete cidades paranaenses aparecem na lista dos 100 maiores PIBs do país. A segunda colocada do estado é São José dos Pinhais (36ª na lista nacional), seguida de Araucária (44ª), Londrina (45ª), Maringá (63ª), Paranaguá (65ª), Ponta Grossa (89ª) e Cascavel
(97ª).