Curitiba terá um novo parque, o Cambuí, no Fazendinha. O parque será inaugurado pelo prefeito Beto Richa neste sábado (12), às 11h. "Será mais um espaço de lazer e de área verde para os curitibanos", diz Richa.

O novo parque tem cerca de 100 mil metros quadrados, tamanho similar ao do parque Bacacheri. O nome é uma referência à cambuí, espécie de árvore nativa característica de regiões de várzea, presente na área do novo parque.

É o 18º parque de Curitiba e o quarto da cidade nas margens do rio Barigüi. Os parques Tanguá, Tingüi e Barigüi também estão nas margens do rio Barigüi. O parque Cambuí faz parte do Plano de Revitalização da Bacia do Rio Barigüi, o Viva Barigüi, lançado em março de 2007 pela Prefeitura de Curitiba. O plano contém um conjunto de obras, ações de fiscalização e de educação ambiental em toda a bacia do Barigüi, que abrange um terço do território da cidade e um terço da população.

"A implantação do novo parque garantirá que a área não será invadida desordenadamente, proporcionado a preservação e a perpetuação das espécies nativas da área do parque", diz o secretário municipal do Meio Ambiente, José Antonio Andreguetto.

O novo parque fica perto da Rua da Cidadania Fazendinha, com acesso pela rua Carlos Klemtz. A área fazia parte da propriedade da família Segalla, nas décadas de 1960 e 1970.

Na área do novo parque, que preserva uma faixa úmida e de mata ciliar, biólogos do Museu de História Natural de Curitiba encontraram cinco espécies de aves migratórias e outras 40 espécies naturais da região, como jaçanã, frango d?água e saracura.