Os Correios receberam em Curitiba, nesta quinta-feira (3), o veículo elétrico Kangoo ZE, da Renault. O carro será testado em entregas de encomendas na região central da cidade por quatro meses, com possibilidade de prorrogação por um ano.

“Esse é um marco importante para os Correios, símbolo de responsabilidade ambiental”, afirmou o diretor regional, Areovaldo Figueiredo. Ele destacou a meta da empresa de reduzir em 20% a emissão de gás carbônico até 2020.

“O carro elétrico está aí para derrubar mitos. É crença que vem de alguns anos, na qual acreditamos e investimos”, disse o diretor técnico da Renault Carlos Santos. Ele ressaltou a importância da parceria com os Correios no Brasil. Santos contou que o La Poste, correio francês, usa hoje 6 mil veículos elétricos em sua frota.

A vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves, falou sobre a experiência do Município, que incluiu veículos elétricos à frota desde o ano passado. “O projeto dos Correios não significa um carro, mas a perspectiva de futuro sustentável”, afirmou. A prefeitura cedeu um totem para recarga do veículo.

Dois carros cedidos em comodato aos Correios serão testados no Brasil – um em Curitiba e outro em Brasília. “O carro elétrico é um processo irreversível”, disse o Chefe do Departamento de Encaminhamento e Administração da Frota dos Correios, Aluísio Paiva Gomes.