enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Revolta

Bombeiros só podem tomar três garrafas de água mineral por dia no litoral

Comando do Corpo de Bombeiros restringiu o consumo de água mineral do efetivo que trabalha na Operação verão

  • Por Gustavo Ribeiro - especial para a Gazeta do Povo
Imagem ilustrativa. Foto: Felipe Rosa/Arquivo/Tribuna do Paraná

O Corpo de Bombeiros restringiu a entrega e o consumo de água mineral do efetivo que trabalha na Operação Verão no Litoral do Paraná, inclusive os guarda-vidas que atuam nas praias. Os bombeiros passaram apenas três garrafas por dia: uma para o turno da manhã e duas para o período da tarde. A quantidade normal é de cinco por dia, uma a mais por turno.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

No memorando do 8º. Grupamento de Bombeiros, de Paranaguá, da última terça-feira (5), a determinação foi de que todos os bombeiros que estejam enquartelados consumam água em copos distribuídos pela Sanepar ou em bebedouros internos.

Segundo a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, a redução no fornecimento foi motivada pelo forte calor desde o início da Operação Verão, que foi maior do que a média dos últimos anos. Com isso, cerca de 70% do estoque de água mineral previsto até o feriado de carnaval já foi consumido.

O Corpo de Bombeiros informou que um novo lote de água mineral foi comprado e que deve guarnecer o Litoral nos próximos dias e retomar a distribuição normal. Até lá, vai contar com o apoio da Sanepar por meio de distribuição de copos de água.

Reação

O presidente da Associação de Praças do Estado do Paraná (Apra-PR), que representa soldados, cabos e sargentos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, Orélio Fontana Neto, considera um “absurdo” a restrição no uso de água mineral. “Uma hora é protetor solar que falta, agora é água. É um absurdo. Arrecada-se muito dinheiro e não fornecem os serviços essenciais. É uma necessidade urgente que precisa ser revista”, comentou.

Morte na ‘Prainha da Itupava’ põe em cheque a segurança do local

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

19 Comentários em "Bombeiros só podem tomar três garrafas de água mineral por dia no litoral"


jonas prates
jonas prates
4 meses 9 dias atrás

3 garrafas de 500ml ou de 2L?

Cláudio
Cláudio
4 meses 9 dias atrás

É que o trabalho deles é sem importância né?
Só salvam vidas.
Mas se o trabalho deles fosse decidir o caminho da “verba” do Estado, certamente rolaria uns comes e bebes.

vanderlei ribeiro
vanderlei ribeiro
4 meses 9 dias atrás

enquanto isso os inuteis deputados e vereadores tem agua a vontade

Kevin Mamar
Kevin Mamar
4 meses 9 dias atrás

Enquanto de um lado faltam recursos para aqueles servidores que realmente trabalham, já do outro lado (ex. Judiciário estadual) estão com todas as suas mordomias em dia.

Rafael Girardi
Rafael Girardi
4 meses 9 dias atrás

Reportagem muito vaga…
O que dá a entender é que houve excesso de consumo e que a restrição é temporária até repor os estoques.
Tentando criar polêmica aonde não existe

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas