Depois de mais de dezoito anos de luta para atender as famílias portadoras de hanseníase na Comunidade Santa Mônica, em Piraquara, a Casa de Apoio aos Hansenianos, comandada por Nadir Veloso, finalmente ganhou um veículo para poder atender melhor os portadores de lepra na região.

Esta semana, a AFH (Associação de Apoio às Famílias com Hanseníase), de Curitiba, doou uma Kombi envidraçada à Casa de Apoio, a fim de solucionar o grave problema da falta de transporte que os pacientes de hanseníase sempre enfrentaram. Nadir recebeu as chaves da van das mãos do diretor da AFH, Paulo Roberto da Silva, e da coordenadora da entidade, Vanice da Silva.

“Parabéns à AFH, que de repente descobriu e dá apoio aos portadores da hanseníase, repartindo pão, cesta-básica, sabedoria e este espírito cristão”, elogiou, no ato da entrega, frei Rui Depinê, da Ordem Franciscana Bom Jesus, de Piraquara, que há vários anos luta por melhores condições aos atingidos pela lepra. “Essa gente precisa do nosso trabalho e se não dermos esta mão, quem dará?”

Nadir explicou a importância da doação. “Muitas pessoas nos procuravam para que pudéssemos socorrê-las levando-as a algum hospital ou até mesmo para transportar alguma pequena mudança, mas não tínhamos condições”, lembra. “Quando tínhamos algum dinheiro, até pagávamos um carro pra poder levar a um hospital, mas muitas vezes eu não tinha dinheiro para poder pagar e eu me sentia muito triste em não poder ajudar.”

Mais informações sobre a AFH podem ser obtidas no site www.afhsolidariedade.hpg.com.br.