O número de atropelamentos nos anos de 2007 e 2008 no perímetro urbano da BR-277, entre Curitiba e São José dos Pinhais, foi o mais baixo da última década. Segundo dados da concessionária Ecovia, que administra o trecho, somente nos locais onde foram colocadas telas de proteção e passarelas, entre os quilômetros 76,5 e 84, no ano de 2000 ocorreram 44 casos desta natureza; em 2001 foram 41 atropelamentos e em 2003, 18, caindo para três em 2007 e quatro no ano passado. De acordo com a concessionária, trafegam pelo loca, em média, 50 mil veículos por dia.