enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Lembra dele?

Cachorro espancado recebe alta e espera novo lar

Sebastião passou quase seis meses internado e já está pronto para adoção

  • Por Lucas Sarzi

Quem se emocionou com o pequeno Sebastião, cão que foi espancado, foi socorrido pelo Grupo Força Animal e virou celebridade em Curitiba, agora pode ter ele em casa. A notícia foi divulgada na manhã desta segunda-feira (21) pela presidente do grupo, Danielly Savi.

Depois de ser resgatado em junho, quando o Paraná Online noticiou em primeira mão, Sebastião passou quase seis meses internado e agora está disponível para adoção. O cachorro recebeu alta e agora os representantes do grupo aguardam os interessados para fazer uma avaliação de quem ficará com ele.

Sebastião, que era um cachorro de rua, foi agredido e teve o maxilar praticamente arrancado por homens em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. O motivo da agressão, de acordo com o que foi apurado pelo Grupo Força Animal, seria porque o cachorro teria “roubado” um pedaço de carne de um churrasco.

Foto: Arquivo pessoal.

O cachorro, que parece já ter mais idade, foi resgatado e ficou internado em uma clínica veterinária no bairro Santa Quitéria, em Curitiba. “Conseguimos trazê-lo e ele recebeu todo o tratamento que merece. Mas sofreu muito, porque sentia fome e não conseguia comer direito”, disse Danielly.

Logo que o animal foi resgatado, um vídeo contando a história de Sebastião foi postado na página da Força Animal no Facebook. O vídeo foi visto mais de 20 mil vezes e teve mais de 1.400 compartilhamentos.

Sebastião passou por quatro cirurgias e teve que ser readaptado tanto para voltar a comer ração seca, mas também para voltar a conviver com as pessoas, já que ele sentia medo.

O caso chocou a todos e até mesmo a polícia da cidade, que até hoje não conseguiu encontrar os agressores e confirmar o que de fato aconteceu com Sebastião. De qualquer forma, agora, com oito quilos a mais, o cão espera pelo novo lar.

Para adotar, os interessados devem entrar em contato com os representantes do Grupo Força Animal através do Facebook. Serão feitas entrevistas e o grupo vai definir qual o melhor lar para o cachorro, que para eles é considerado como um herói. 

Foto do dia que foi resgatado pela ONG. Foto: Arquivo pessoal.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas