Máquinas voltaram a funcinar ontem.

Abre e fecha nas casas de bingo do Paraná. A cena já virou costumeira desde abril do ano passado, quando a modalidade de jogo foi proibida no Estado. Ontem ela voltou a se repetir em Curitiba. Enquanto o Village Batel reabriu durante a noite graças a uma liminar dada pelo desembargador federal Edgar Lippmann Júnior, do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, o Kennedy Center Bingo, que havia reaberto na quinta-feira, embasado numa liminar concedida pela Justiça Federal do Mato Grosso do Sul, foi fechado no final da tarde por policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).

O procurador-geral do Estado, Sérgio Botto de Lacerda, que está no Chile acompanhando uma missão de empresários paranaenses, criticou a decisão TRF em autorizar a reabertura do Village. “Essa decisão do juiz Lippmann foi abusiva e equivocada, pois contraria decisão do colegiado do tribunal, que anteriormente já havia negado recurso impetrado pelos bingos. Além disso, foi aplicada fora do prazo”, afirmou Lacerda.

O procurador foi taxativo ao comentar a reabertura do outro bingo. “Essa liminar do Mato Grosso do Sul não vale no Paraná.” Botto comentou que o Estado vai tomar aos devidas providências para fechar novamente os bingos, destacando que eles não podem reabrir sem que o Estado seja notificado.

A falta de notificação do Estado na questão do Kennedy foi a justificativa dada para ação policial. Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), o Estado não é citado na liminar, que é contra a União. Quando a casa foi fechada, por volta de 17h, o movimento era apenas razoável, apesar da faixa colocada em frente ao estabelecimento alertando os clientes sobre a reabertura.

O presidente do Sindicato das Empresas Administradoras de Bingo do Estado do Paraná (Sindibingo), Luiz Eduardo Dib, destacou que só irão reabrir os bingos que tiverem decisões judiciais favoráveis. Na tarde de ontem, ele cumpriu acordo firmado com o delegado-chefe do Cope, Marcus Michelotto, e o comunicou com antecedência sobre a reabertura do Village. No final da tarde, ao saber do fechamento do Kennedy, Dib reagiu com surpresa. “É esquisito. O Estado alegou que não é citado na decisão da Justiça Federal sul-matogrossense e sim a União, mas ao proibir o bingo no Paraná, o argumento usado foi que o Estado não teria competência para regulamentá-los e sim a União. Ou seja, quem pode regulamentar o jogo é a União e foi contra ela a liminar”, explicou.