Termina na próxima quinta-feira (17), às 9h, o prazo para a entrega, na sede da Urbs, das propostas para a ocupação e exploração de seis bicicletários em diferentes pontos de Curitiba. Os equipamentos estão localizados no Parque São Lourenço, Centro Cívico, Santa Quitéria, Carmo, Pinheirinho e Jardim Botânico.

As propostas serão recebidas na sede da Urbanização de Curitiba S/A (Urbs), na Avenida Affonso Camargo, 330, Bloco Central da Estação Rodoferroviária. O edital está disponível no site www.urbs.curitiba.pr.gov.br no item Licitações na página inicial.

Vencerá a concorrência (003/2011) aquele que apresentar a maior oferta para a permissão de uso dos equipamentos. As propostas de preço deverão conter valor igual ou superior ao mínimo de R$ 200 por mês, para a permissão de uso dos bicicletários.

Cada unidade tem 45,6 metros quadrados de área edificada coberta e áreas descobertas, que variam conforme a localização dos equipamentos.

Ciclomobilidade

O permissionário dos bicicletários terá atividades obrigatórias vinculadas à ciclomobilidade e poderá também comercializar bebidas não alcoólicas, alimentos embalados, livros ou revistas.

O responsável pelo bicicletário terá que oferecer serviços de reparos em bicicletas; aluguel de bicicletas;

comercializar produtos de suporte à atividade do ciclismo, com o direito de explorar e locar vagas de estacionamento para bicicletas.

Os equipamentos deverão funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, sábados e domingos, das 9h às 18h. O horário de funcionamento poderá ser flexibilizado das 7h às 22h todos os dias da semana, a partir da demanda e da anuência da Urbs e dos permissionários.

Lanches e sucos

Os permissionários poderão ocupar 30% da área útil do bicicletário para atividades de venda de bebidas não alcoólicas, em embalagens descartáveis e individuais, café (tipo expresso) produzido em máquina automática; sorvetes em embalagens individuais e fechadas; barras de cereais e chocolates, bombons, balas, bolachas, salgadinhos e outros embalados do gênero; lanches e sanduíches naturais embalados; revistas e/ou livros afins à atividade de ciclismo.

Os bicicletários contam com entradas individuais de água e energia elétrica. Os custos decorrentes das ligações junto à Copel e à Sanepar serão de responsabilidade exclusiva do licitante vencedor. Da mesma forma os serviços relativos à telefonia. Os estacionamentos deverão ser explorados pelos permissionários, podendo ser cobrado até R$ 2 (dois reais) a hora. Toda responsabilidade sobre danos, furtos ou outros possíveis sinistros, na área permissionada (área interna e externa), inclusive o estacionamento, será de responsabilidade do permissionário.

O aluguel de bicicletas será de inteira responsabilidade do permissionário, inclusive sobre furtos e sinistros. O preço pelo aluguel das bicicletas não poderá ser superior a R$ 5 (cinco reais) a hora e todos os controles serão de inteira responsabilidade do licitante vencedor.

O vencedor da concorrência terá permissão para investir na implantação de sanitário/vestiário no local, desde que respeitados os limites da área coberta e também que a arquitetura do projeto esteja em harmonia com o ambiente e tenha a aprovação expressa do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc).

Endereços

O bicicletário do Parque São Lourenço fica na rua José Brusamolin, perpendicular à Mateus Leme. O do Centro Cívico, fica na rua Jacy Loureiro, em frente ao Palácio das Araucárias. Outro bicicletário está localizado na avenida Presidente Arthur da Silva Bernardes, perpendicular à rua Professor Ulisses Vieira, no bairro Santa Quitéria.

Também estão na licitação os bicicletários localizados nas Ruas da Cidadania do Carmo e Pinheirinho, e o que fica na rua Engenheiro Ostoja Roguski, perpendicular à rua Professor Lothario Meissner, ao lado do Velódromo do Parque no Jardim Botânico.