Mais um parto foi realizado na estrada pela equipe da concessionária Viapar, ontem pela manhã – o segundo em menos de dois meses. Aline Novaes Rampim Kuhnen, de 34 anos, deu a luz às 5h35, dentro da ambulância da empresa, no quilômetro 165 da BR-376, em Maringá, região noroeste do Paraná.

O bebê, uma menina que nasceu com 3,2 quilos, passa bem. Mãe e filha foram encaminhadas para o Hospital São Marcos de Maringá. O bebê foi batizado como Cintia.

Este foi o segundo parto realizado por funcionários da Viapar em menos de dois meses. Segundo informações da concessionária, Aline mora em Ivinhema, no Mato Grosso do Sul, mas estava em Paranavaí, na casa da mãe.

Ela contou aos funcionários da Viapar que começou a sentir algumas dores e, como seu plano de saúde atende somente em Maringá, resolveu voltar para a cidade. Porém, no meio do caminho a dor se intensificou e ela parou na praça de pedágio de Presidente Castelo Branco, onde pediu ajuda.

Um médico da empresa foi deslocado de Maringá, enquanto outros funcionários prestavam os primeiros atendimentos à gestante. O bebê nasceu na altura do distrito de Mandaguaçu, que fica a cerca de 30 quilômetros de Maringá.

A Viapar administra rodovias da região de Maringá. Os trechos cobertos são: de Cambé a Maringá, de Nova Londrina a Maringá e de Corbélia a Maringá. Por coincidência, o outro caso de parto atendido pelos socorristas da empresa também ocorreu na praça de pedágio de Presidente Castelo Branco.

Por volta das 10h35 do dia 6 de junho nasceu, dentro da mesma ambulância, Clara Beckemkamp Bertão, com apenas oito meses. Desde o início da concessão, em 1997, as equipes da Viapar já prestaram atendimento a três partos nas rodovias. O primeiro foi em 2007, em Mamborê.