A atriz Letícia Sabatella, que tem se posicionado contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, foi hostilizada nos arredores da Santos Andrade. Ela mora próximo ao teatro Guaíra e estaria no local por engano. Ao pedir informações sobre o outro protesto, a favor da permanência da chefe do Executivo nacional, ela se deparou com um grupo que defende a intervenção militar. A artista foi ofendida com palavrões, mas em vez de reagir, filmou tudo. “É um comportamento antidemocrático”, definiu.

Diante da confusão, a atriz foi cercada por policiais militares, que tentavam evitar que ela fosse agredida fisicamente. Os agentes tentavam conduzi-la para dentro da viatura, mas, visivelmente incomodada, ela pediu que ninguém a tocasse. A artista também disse que é livre e que vai aonde quiser.