Durante assembleia realizada nesta quinta-feira, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau Público de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral do Paraná (Sinditest-PR) aprovou indicativo de greve para os técnicos-administrativos da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

A categoria é contra a adesão do Hospital de Clínicas (HC) ao programa da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), responsável pela administração dos hospitais universitários federais.

 

Ficou acertado que a categoria entrará em greve caso a adesão entre na pauta da próxima reunião do Conselho Universitário da UFPR, que será realizada no dia 28 de novembro. Os técnicos-administrativos alegam que a EBSERH representaria a privatização do HC.

A assembleia teve ainda apoio dos professores e dos estudantes da UFPR, de acordo com a assessoria de imprensa do Sinditest-PR. Haverá uma mobilização conjunta das três categoria para sensibilização da comunidade universitária e também da sociedade. Uma audiência pública sobre o assunto poderá ser realizada para discutir todos os aspectos relacionados a uma possível adesão ao sistema da EBSERH.