Foi-se o tempo que Curitiba e região metropolitana ficavam vazias, com estabelecimentos comerciais e opções de lazer fechadas durante grandes feriados, como Natal e Ano Novo.

Ano após ano os empresários do setor percebem a procura cada vez maior por opções de entretenimento e cultura na região, o que demonstra que a capital vem se consolidando como destino turístico e que os moradores estão optando por ficar na cidade.

“Moradores e visitantes conseguem fazer visitas muito bacanas para locais próximos e se transportar para um ambiente diferente, ter uma experiência excelente com familiares e amigos. Hoje temos uma qualidade muito boa de serviço, gastronomia e lazer, focados para o participante não só contemplar, mas ter uma vivência que agrega ao passeio”, conta a consultora do Sebrae/PR, Patrícia Albanez.

A instituição presta atendimento a empresários locais, que organizaram roteiros para atender o público. “Durante vários anos as empresas fechavam, mas a procura está maior, é algo que não existia antes”, observa a consultora.

Na Grande Curitiba são várias as opções de passeios para quem ficou na cidade, com roteiros culturais, de aventura, históricos e gastronômicos. A Tribuna selecionou algumas opções para você aproveitar seu feriado.

Por Curitiba

Um dos principais passeios para curitibanos e visitantes na cidade é a Linha Turismo, que entre janeiro e novembro deste ano transportou mais de 522 mil pessoas. A passagem custa R$ 29, com direito a quatro reembarques durante o trajeto que tem 46 quilômetros e dura em média 2h30.

As saídas acontecem de meia em meia hora, partindo da Praça Tiradentes em direção a 25 pontos turísticos. Até fevereiro de 2014 a Linha Turismo vai operar também às segundas-feiras, 9h às 17h30.

Na região metropolitana

Quem pretende encontrar passeios com lazer, cultura e gastronomia pode seguir em direção à Região Metropolitana de Curitiba, que oferece diversas opções de roteiros.

Em Araucária, o passeio Caminhos de Guajuvira apresenta vários atrativos como paisagens com rios, gastronomia (incluindo café rural), artesanato rural, horto florestal, pesque-pague, comercialização de bolachas, broas e tortas artesanais, mel, licores e cervejas caseiras. O acesso é feito pela Rodovia do Xisto. Informações: 3901-5214.

Conhecendo a história

Quem pretende conhecer a história do Paraná não pode deixar de visitar dois destinos: Lapa e Piraquara. Com 235 imóveis tombados pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Lapa foi cenário importante no estado, especialmente pelo Cerco da Lapa, em 1894.

Já Piraquara destaca em seu Centro Histórico a Estação Ferroviária e a Aldeia Antonio Meireles, um conjunto de cinco prédidos históricos, em que um deles está instalado um restaurante de época. Horário de visitação: domingo a domingo das 11h às 21h. Informações: 3673-8552.

Aventura e Ecoturismo

Se a proposta é agitar o feriado, a opção é subir o Morro Anhangava, com 1430 metros até seu cume. O acesso é feito por Quatro Barras, no Parque Estadual da Serra da Baitaca. Informações: 3671-8800. Dali também começa o Caminho do Itupava com 55 km de extensão pela Serra do Mar, até Morretes.

Outras opções são o Parque Estadual de Campinhos, em Tunas do Paraná, com as grutas constituídas por quatro níveis de desenvolvimento vertical (Rodovia BR-476, KM 46 | 3213-3407) e o Parque Cachoeira, Araucária, onde é possível passear pela ,mata nativa, além de contemplar o lago e o ribeirão. (Jardim Iguaçu | 3901-5037).