Depois de ter um canário belga furtado de dentro da igreja no último domingo, o padre Gabriel Figura, da Paróquia Nossa Senhora das Dores, em Curitiba – mais conhecida como Igreja dos Passarinhos – estava rindo à toa, ontem.

É que ele recebeu a confirmação de que vai ganhar outros três canários, todos doados por pessoas que se comoveram com o furto, já que o padre é admirador da natureza, especialmente dos animais.

Um dos passarinhos já está “morando” na igreja juntamente com os outros cerca de 20 do local. Ele foi doado por um piloto de avião que ficou sabendo do furto pela imprensa. Ainda esta semana devem chegar mais dois canarinhos, segundo o padre: um do aviário Ucceli, de Santa Felicidade, e outro de uma doação anônima.

“Sempre quando sou roubado recebo em dobro. Mas ainda tenho esperança que a pessoa que levou meu canarinho o devolva, pois está violando um dos mandamentos de Jesus Cristo, que é o não roubarás. Ele era o mais cantador da paróquia”, comentou o padre.

Há cerca de seis meses, um papagaio do padre também foi furtado da igreja, mas até agora não foi encontrado. “Esse papagaio já estava até aprendendo a rezar o Pai Nosso”, lamenta.

O padre Figura ficou conhecido no ano passado por conta da sua mula Bela Vista. A intenção dele era que a mula entrasse na igreja para as comemorações do Dia de Nossa Senhora das Dores, em 15 de setembro.

Porém, a ideia se transformou em uma polêmica, pois alguns fiéis não aceitaram que um animal participasse da celebração. O padre até fez uma alusão da mula com passagens bíblicas, mas mesmo assim não deu certo.

Dias depois o padre desistiu de levar a mula para as procissões e agora cuida dela em sua chácara, na Região Metropolitana de Curitiba. Lá ele tem outros 13 animais. “Tenho a intenção de construir um santuário ecológico”, finaliza o padre.