Pacientes do Hospital de Clínicas devem se preparar para o agendamento de consultas e exames suspensos durante a greve dos servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Os funcionários retornaram ontem ao trabalho. A assessoria de imprensa do HC informa que, entre 11 de junho e sexta-feira, deixaram de ser feitos exames de 35,7 mil pacientes. Isto afetou as consultas. Cerca de 24,5 mil pacientes não passaram pelo atendimento com o médico pela falta dos exames, no mesmo período.

De acordo com o HC, os pacientes moradores em Curitiba e região devem se dirigir à Central de Atendimento, de segunda a sexta-feira, entre 7h e 17h. Os pacientes devem levar a carteirinha do HC e requisições de exames que não foram feitos. Para pacientes do interior e outros estados a orientação é ligar para os ambulatórios de atendimento. A indicação do número do ambulatório está na carteirinha do HC.

“Pedimos para que não venham todos ao mesmo tempo. As consultas serão marcadas dois meses. Os pacientes devem ligar para os ambulatórios”, explica Mariângela Honório Pedrozo, diretora de assistência do HC. Ela afirma que foram separados “boxes” específicos para o atendimento de pacientes e mutirões podem ser realizados aos sábados. “Os mutirões vão atender as cirurgias eletivas e exames de imagem”, comenta.

Reagendamento

No caso dos exames, o hospital indica que os pacientes com requisição podem comparecer diretamente ao setor de coleta de exames de laboratório. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, a partir das 7h. Para os exames de imagem (raios-x, tomografia e ecografia), os pacientes devem procurar os serviços para reagendar os horários.