A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) suspendeu a aplicação dos reajustes tarifários das empresas Copel Distribuição e Companhia Campolarguense de Energia. Segundo despacho publicado ontem no Diário Oficial da União, o recurso apresentado pela Copel para alterar o percentual de correção será decidido em reunião da diretoria. As tarifas aprovadas em janeiro, na revisão extraordinária das empresas, estão mantidas.

A Copel informou que pediu a suspensão do aumento médio de 14,61%, que deveria ter entrado em vigor ontem, “com perspectiva de diferimento na aplicação do índice de reajuste tarifário aprovado”. “Estamos concluindo as análises internas para identificarmos a melhor forma de aplicação do diferimento, de modo que não traga prejuízo à saúde financeira da empresa, e apresentaremos oportunamente à Aneel o pleito definitivo relativo ao diferimento”, afirma o diretor de finanças, relações com investidores e controle de participações da energética, Luiz Eduardo da Veiga Sebastiani.