Ciciro Back
Ciciro Back

No Aeroporto Internacional Afonso Pena, até as 19h de ontem, apenas cinco atrasaram e nenhum havia sido cancelado.

Apesar de muitos aeroportos do País terem fechado por causa do nevoeiro e registrado número considerável de atrasos e cancelamentos de vôos na volta do feriadão, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, não houve muitos problemas. Durante a tarde de ontem, até as 19h, eram previstos 16 vôos, sendo que cinco atrasaram e nenhum havia sido cancelado até aquele horário. As informações são da Infraero.

Entre os vôos atrasados, ontem à tarde no Afonso Pena, estavam o 01696, da Gol, que saiu de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O vôo estava previsto para as 15h50, mas só foi confirmado às 18h20. O 09739, da Webjet, que também saiu de Porto Alegre, atrasou meia hora, e o da TAM (03331), que saiu de Guarulhos, em São Paulo, registrou atraso de cerca de uma hora e meia.

Cancelamentos

Nos aeroportos de todo o País foram registrados atrasos e cancelamentos de vôos. Conforme boletim da Infraero divulgado às 19h de ontem, 308 vôos haviam atrasado mais de uma hora durante o dia e outros 17 foram cancelados em 13 aeroportos. O de Cumbica, em Guarulhos (São Paulo), registrou o maior número de atrasos: dos 181 vôos, 68 operaram fora do horário previsto e seis foram cancelados. Em Salvador, no Aeroporto Internacional Deputado Luiz Eduardo Magalhães, metade dos vôos previstos atrasou.

Para piorar a situação, alguns aeroportos fecharam durante o feriado por causa da neblina, como o Santos Dumont, no Rio de Janeiro (reabriu por volta das 9h de ontem para decolagens, e 12h40, para pousos). O Aeroporto Internacional Antonio Carlos Tom Jobim (Rio) e o Salgado Filho (Rio Grande do Sul) também ficaram fechados ontem pela manhã, por causa da neblina.