Um adolescente de 12 anos brincava com o amigo na calçada na tarde deste sábado (15) quando foi atropelado por um Chevette no Parolin. Guilherme Lucas de Almeida foi arremessado contra o muro de uma casa.

Ele chegou a ser socorrido pelo Siate, mas não resistiu e morreu. O motorista fugiu sem prestar socorro à vítima. Moradores da região reclamam dos acidentes frequentes e pedem a instalação de uma lombada na rua onde o crime aconteceu.

Luciane Silva Monteiro de Souza, que mora no bairro, assistiu ao acidente, que aconteceu por volta das 16h. Segundo ela, o Chevette veio em alta velocidade pela rua Professor Porthos Velozo e, sem frear, invadiu a calçada e atingiu o muro de uma casa na esquina com a rua João Fagundes Machado. As duas crianças brincavam ali – uma conseguiu escapar, mas Guilherme foi prensado contra o muro. Os socorristas do Siate tentaram reanima-lo, mas não tiveram êxito.  Ainda de acordo com Luciane, os moradores tentaram segurar o motorista. “O pai do motorista falou que ele não ia fugir, mas ele saiu correndo”, contou.

Minutos após os acidentes, um abaixo-assinado era organizado para pedir a instalação de uma lombada na rua Professor Porthos Velozo. “Já é a terceira criança que é atropelada aqui. De noite, vira uma pista de corrida”, afirmou Adriana Ferreira de Azevedo.  O corpo de Guilherme foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).