O Paraná teve alta de 4,4% no nível de emprego em junho, o terceiro maior aumento do país, atrás apenas de Minas Gerais e São Paulo. É o que mostra o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), na Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (PIMES), divulgada ontem. O setor que mais influenciou o crescimento de empregos no Estado foi o de vestuário (alta de 18,7%).

Já os Estados do Rio de Janeiro e Pernambuco foram os dois únicos locais que tiveram resultados negativos no emprego. Especificamente no que se refere ao segundo trimestre deste ano, as indústrias que mais ampliaram o nível de emprego foram as da região Norte e Centro-Oeste (4,7%), Minas Gerais (3,9%) e Paraná (3,4%). Já as quedas mais expressivas no emprego ocorreram em Pernambuco (-4,5%), Rio de Janeiro (-3,8%) e Espírito Santo (-2,9%). Em junho, o emprego industrial cresceu 0,5% e rendimento dos trabalhadores subiu 8,9 % no primeiro semestre, no Brasil.