Chega no início da próxima semana ao Paraná ?La Caravana Arcoíris por la Paz?, formada em 1996, no México, com o objetivo promover ações de mudança de comportamento para buscar o desenvolvimento sustentável e que já percorreu todos os países do continente americano.

Atualmente, a caravana conta com cerca de 20 ativistas sociais e artistas, que utilizam peças de teatro e outros recursos audiovisuais para divulgar uma nova consciência ambiental.

Eles realizam palestras, debates, performances e oficinas relacionadas ao bem estar social e à conservação da natureza, em que são discutidos temas como o uso de energias renováveis, reaproveitamento de materiais, autosustentabilidade, entre outros.

No Paraná, a passagem da caravana é apoiada pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, através da coordenação da Agenda 21 – Paraná, pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e pela Secretaria da Educação.

Segundo a coordenadora da Agenda 21 – Paraná, Schirle Margaret dos Reis Branco, ações como esta representam na prática os conceitos da agenda. ?A busca pelo desenvolvimento sustentável não é responsabilidade somente do governo, porque depende da participação de toda a sociedade. Esta é uma ação organizada para disseminar formas alternativas de aproveitamento dos recursos naturais?, disse.

Para o responsável pela divulgação da caravana, o ecologista Luiz Gonçalves, ela deve chegar a Curitiba, onde permanecerá por cerca de três dias no Centro Paranaense de Referência em Agroecologia, no Parque Newton Freire Maia, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Depois de passar pelo Estado, a caravana segue para outras cidades antes de chegar a Chapada dos Veadeiros (Goiás), onde será realizado, em setembro, o Chamado do Beija Flor, um encontro destinado a elaboração de propostas para formação de uma sociedade baseada na justiça social, desenvolvimento sustentável e equilíbrio ambiental.