Música de igreja com ritmo de samba é uma das surpresas que um grupo de músicos de Tatuí, na região de Sorocaba, está preparando para os ouvidos do papa Bento XVI durante sua passagem por São Paulo, em maio. O hit católico "Maria de Nazareth", por exemplo, ganhou arranjo de samba popular. A idéia foi de Clayton Antonelli, um dos dez músicos do Conservatório de Tatuí escolhidos para cuidar de uma parte do repertório que o papa vai ouvir.

A apresentação será durante o "Encontro com a Juventude", um dos eventos da agenda do papa, no estádio do Pacaembu, dia 10 de maio. "É uma forma de passar, junto com a música religiosa, alguma coisa da cultura popular brasileira para Bento XVI", disse. Outra canção tradicional, "O Senhor é Rei", recebeu um tratamento bem brasileiro, com metais e percussão, segundo o músico. No Hino de Acolhida ao Papa, escolhido em um concurso realizado em Aparecida, o arranjador apenas reforçou o ritmo de marcha. "É bem adequado para receber o papa."

Um coral e músicos de São Paulo também compõem o elenco que acompanhará as celebrações do encontro, que deve durar cerca de 4 horas. O primeiro ensaio geral da parte musical será realizado domingo, em Tatuí. O regente será o maestro Sérgio Gonçalves de Oliveira, também do Conservatório.

Segundo Antonelli, o grupo de músicos foi convidado em razão do sucesso do 1º Festival da Música Católica, realizado no ano passado, no Teatro Procópio Ferreira. O arranjador é conhecido pela participação musical nas missas da paróquia Sagrada Família de Tatuí, que atraem multidões. Guitarrista, Antonelli considera a recepção ao papa o "grande momento" da sua vida. "É algo que vai ficar marcado para sempre." O pontífice, que faz sua primeira visita ao País, chega no dia 9 e permanece até o dia 13. O Encontro com a Juventude será o primeiro evento público da visita.