enkontra.com
Fechar busca

Notícias

Palocci rebate crítica de Fernando Henrique a negociação com FMI

  • Por Jornalista Externo

O ministro da Fazenda, Antônio Palocci, rebateu há pouco, críticas feitas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, por ter decidido elevar a meta do superávit primário de 3,75%, para 4,25%, antes da reunião com o Fundo Monetário Internacional, para a revisão do acordo de US$ 30 bilhões. “Temos tido uma relação de confiança mútua com o FMI. Mas temos dito ao fundo que os problemas da economia brasileira têm que ser decididos pelo Brasil, pelo seu governo, pelo seu Congresso. Pensar que o FMI ou outros organismos possam dar receitas aos governos sobre a sua economia é um equívoco” afirmou o ministro. Ele disse que o governo brasileiro não precisa e não quer que as necessidades de políticas macroeconômicas sejam decididas por organismos exteriores ao país. Ao chegar ao Brasil, no inicio do mês, Fernando Henrique Cardoso deu declarações criticando a antecipação na decisão sobre o superávit, sem que fosse pedida, na reunião com o FMI, uma contrapartida. Palocci depõe neste momento no plenário do Senado.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas