A bancada de oposição ao governo do Paraná na Assembléia Legislativa irá apresentar, na próxima segunda-feira (15), um pedido de informações dirigido à Secretaria de Estado do Trabalho e Ação Social, sobre as viagens realizadas pelo funcionário José Carlos Becker de Oliveira e Silva. Zeca Dirceu, como é conhecido o filho do ministro da Casa Civil, José Dirceu, é acusado de negociar cerca de R$ 607 mil do Orçamento da União para cidades da região noroeste do Paraná, onde tem sua base eleitoral.

?Queremos saber se é funcionário, qual a sua função, os roteiros das viagens que realiza, quem paga as diárias, qual o interesse e o resultado das viagens tanto terrestres quanto aéreas?, adiantou o líder da oposição, deputado Durval Amaral (PFL). ?Queremos saber se há uso da máquina pública em interesse particular?. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)