A operação policial desencadeada pela Secretaria da Segurança Pública em Cascavel e em sete municípios da região terminou com 19 pessoas presas, apreensão de 11 armas de fogo, e ainda retirada de circulação de 486 unidades de munição e cerca de 1 quilo de crack, além de 40 gramas de maconha. Dois adolescentes acusados de porte ilegal de arma e de porte de drogas foram apreendidos. Policiais civis e militares que participaram da ação também apreenderam quase 3 toneladas de cobre que eram vendidos como sucata.

A operação, que começou na quarta-feira (18), foi concluída nesta quinta-feira (19) com a divulgação dos resultados. As equipes também cumpriram 40 mandados de prisão e de busca e apreensão em Braganei, Corbélia, Matelândia, Iguatu, Santa Tereza do Oeste, Cafelândia e Anahy.

Entre os presos estão Adalto dos Santos, 41 anos, flagrado com cerca de 1 quilo de crack. Ele estava num ônibus que fazia a linha Santa Terezinha de Itaipu a Cascavel. Segundo a polícia, há 4 anos, o acusado foi flagrado pela Polícia Federal com 29 quilos de cocaína. A principal apreensão de munição aconteceu durante cumprimento de mandado de busca na casa de Luiz dos Santos, 49 anos. Lá as equipes encontraram 391 cartuchos de munição de diversos calibres. A pessoa acusada de vender a munição para ele, e que também foi presa, é Ébano Bispo dos Santos, 19. Outro preso é Alberto José Lorenzetti, 54, com quem os policiais apreenderam 30 unidades de munição calibre 9 milímetros, de uso restrito das Forças Armadas.

A operação coordenada pelo Centro de Operações Conjuntas da Secretaria da Segurança Pública envolve policiais civis e militares e dá seqüência ao trabalho iniciado naquela região do Paraná na segunda-feira (16) a partir de Umuarama, onde foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão e de prisão, resultando em sete pessoas presas, acusadas de tráfico de drogas, porte de munição de uso restrito e roubos de caminhão e também a estabelecimentos comerciais. Na terça-feira (17), o trabalho se concentrou em Toledo, onde foram cumpridos 31 mandados judiciais, presas oito pessoas e apreendidos uma espingarda de caça, 39 pedras de crack e cerca de 700 gramas de maconha, bem como um simulacro de arma de fogo. Desde segunda-feira, nas cidades onde os trabalhos foram concentrados, 979 pessoas foram revistadas e 165 veículos vistoriados.