As linhas especiais de ônibus que vão atender os eventos da ONU, a partir da próxima segunda-feira (13), vão rodar com combustível ecológico. O combustível é chamado de "B-5" porque tem 5% de éster de soja misturado ao diesel. "É ecológico porque esse aditivo é de origem vegetal, o que reduz a queima do óleo mineral, uma fonte não-renovável de energia", explica o gerente de vistoria do transporte coletivo da Urbs, Élcio Karas. Também é esperada uma redução na emissão de poluentes, que será medida durante o período.

A Urbs, empresa que gerencia o transporte coletivo de Curitiba e de parte da região metropolitana, foi contratada pelos organizadores dos eventos para fazer o projeto das linhas e colocar os ônibus em circulação no período de 11 de março a 2 de abril.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) deu uma autorização temporária para que a Urbs use o combustível alternativo apenas durante os eventos da ONU. O éster de soja será fornecido por uma indústria do Piauí diretamente à refinaria da Petrobrás de Araucária. De lá sairá o combustível final que vai abastecer os seis ligeirinhos, que vão fazer a Linha Direta entre do centro de Curitiba e o ExpoTrade Pinhais, e os 30 ônibus convencionais que vão percorrer os principais hotéis da região central.

A "Linha Especial" vai fazer a ligação direta entre o Museu Ferroviário, ao lado do Shopping Estação, e o ExpoTrade. Para o embarque e desembarque, a Urbs vai instalar uma estação-tubo em cada local.

Os ligeirinhos vão circular diariamente das 7h às 23h. Das 7h às 9h, vai passar um ônibus a cada 15 minutos. Das 9h às 10h, o intervalo será de 10 minutos. No período das 10h às 18h, o ônibus vai passar a cada 20 minutos; das 18h às 20h, a cada 10 minutos; e das 20h às 23h, a cada meia-hora.

A Linha Hotéis terá 30 ônibus do tipo convencional que vão passar apenas três vezes por dia nos principais hotéis da região central da cidade, para levar até Pinhais os participantes hospedados em Curitiba. No começo da manhã, os ônibus fazem duas saídas dos hotéis, às 7h30 e às 9h30, em direção a Pinhais. Às 19h os ônibus fazem o retorno do ExpoTrade para Curitiba.

As linhas são exclusivas para os participantes das conferências da ONU, por isso será exigida a apresentação do crachá do evento para o embarque. Cada ônibus terá um voluntário para dar informações e orientações sobre as linhas, sobre as conferências e sobre a cidade.

Os voluntários são chamados "busers", nome derivado da palavra em inglês "bus", que significa ônibus. Eles fazem parte do grupo de duas mil pessoas que já se inscreveram para ajudar nas conferências, e estão passando por um treinamento especial oferecido pela Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre) e pelo comitê organizador local das reuniões. Mais informações sobre conferências da ONU estão disponíveis no site oficial do evento: www.cop8mop3.com.br.