Mais de 800 indígenas da Reserva de Palmas (Sudoeste do Paraná) estão participando das Olimpíadas Indígenas. A promoção é da própria comunidade e conta com o apoio da Prefeitura de Palmas e da Secretaria de Estado da Educação, através do Núcleo Regional de Educação de Pato Branco e da Paraná Esporte.

A Paraná Esporte está oferecendo a premiação (troféus e medalhas), que será entregue neste sábado, no local das disputas. ?É com satisfação que apoiamos uma competição dessa natureza, que representa uma festa de confraternização entre os indígenas da comunidade. Isso ajuda a manter viva a cultura desse povo?, afirma Ricardo Gomyde, presidente da Paraná Esporte.

Todas as disputas estão sendo realizadas dentro da própria reserva, nas modalidades de futebol, voleibol, corrida rústica, cabo de guerra, arco e flecha, com crianças e adolescentes. Os adultos, além destas provas, participam da corrida da tora. Sábado, até as 12 horas, horário da cerimônia de premiação, serão disputadas as finais do voleibol, futebol, cabo de guerra, corrida da tora, arco e flecha.

Além da parte esportiva, as Olimpíadas Indígenas mostram a cultura do grupo. Nesta sexta feira, a partir das 9 horas, haverá apresentações de danças e músicas, de projetos envolvendo agricultura, saúde, ervas medicinais e piscicultura, exposição de artesanato, comidas típicas e uma mostra de fotos históricas.