O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta quinta-feira, que está otimista com o andamento da economia brasileira, apesar de reconhecer que este ano o desempenho não será o melhor.

"O resultado da economia brasileira este ano não será uma Brastemp, mas será um bom resultado", disse na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social.

Lula ressaltou que não irá mexer na política de juros do Banco Central por causa da crise política. "Não vou interferir na política de juros do Banco Central, senão não vai mais ser preciso ter o Banco Central", disse o presidente.