O Inventário de Nada Benjamim é a segunda peça de uma trilogia sobre o luto. Conta a história de um tempestuoso triângulo formado por Martíria (Olga Nenevê) e seus dois filhos, Gabriel (Fernando de Proença) e Rafael (Eduardo Giacomini). A peça é apresentada na próxima quarta (17) e quinta-feira (18) no Teuni.

Os três personagens estão juntos para os trâmites do inventário de Nada Benjamim, pai de Rafael e Gabriel e marido de Martíria. A situação de luto é dolorosa para os três personagens, que ao organizarem a distribuição de pequenos objetos experimentam conflitos e estados de grande emoção. As memórias, impregnadas na casa e nos objetos, acabam por desencadear pequenas batalhas entre os irmãos que lutam para estabelecer “territórios”. Ao demarcarem suas fronteiras, separando-se entre os cômodos da casa, os irmãos criam um ambiente de tensão, onde os sentimentos se misturam.

Elenize Dezgeniski
Peça conta a história de um tempestuoso triângulo formado por Martíria e seus dois filhos.

Na peça O Inventário de Nada Benjamim três solidões circulam numa casa vazia para entender o vazio das relações. A reflexão sobre o “luto” é apresentada a partir do processo relacional de uma família desestruturada pela morte da figura paterna e pela incomunicabilidade. A narrativa transita entre o presente e o passado, e a cada seqüência de cenas, os personagens re-avaliam o passado e o presente de suas vidas.

Serviço:

O Inventário de Nada Benjamim
TEUNI
Prédio Central da UFPR (Praça Santos Andrade)
Dias 17.03.2010 e 18.03.2010 às 20h e 23h