Na avaliação da Sociedade Rural Brasileira (SRB) -www. srb.org.br -, a indicação do deputado federal Odílio Balbinotti (PMDB-PR) para assumir o Ministério da Agricultura é positiva, já que se trata de um agroempresário, fato que denota seu conhecimento acerca das características e particularidades do setor rural.  

Entretanto, a SRB ressalva que Balbinotti é ainda pouco conhecido entre as lideranças rurais, bem como tem fraco relacionamento junto à bancada ruralista no Congresso Nacional. Desta forma, este distanciamento exigirá um forte esforço de aproximação entre o novo ministro, o Legislativo e o setor privado rural para a construção de uma agenda em comum de desenvolvimento para a agricultura.  

Para o presidente da SRB, Cesário Ramalho, embora tenha sido uma escolha pautada pelo jogo político, a proximidade do novo ministro com a atividade agrícola é um atributo importante para um desempenho de sucesso à frente da pasta. A expectativa é que Balbinotti tenha força política para pleitear junto à equipe econômica recursos orçamentários justos para as demandas da agricultura, bem como medidas e políticas públicas que favoreçam o crescimento do setor.

Segundo Ramalho, o novo ministro terá que dar especial atenção à montagem de sua equipe priorizando a seleção de profissionais que tenham conhecimento maduro sobre a agricultura, trajetória ligada ao setor e sintonia com os desafios e necessidades da atividade. Com relação às denúncias contra Balbinotti, que tramitam no STF, a SRB entende que antes que se dê qualquer sentença, elas devem ser apuradas. Desde já, a entidade se coloca de portas abertas para estabelecer diálogo com o novo ministro.