O Diário Oficial da União publica hoje a nomeação de Hélio Quaglia Barbosa, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no cargo de ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Quaglia Barbosa teve seu nome aprovado pelo plenário do Senado Federal no último dia 19, por 37 votos a 4 contra. Após a nomeação, a posse se dá em até 30 dias. Para ele, ser ministro de um tribunal como o STJ é uma etapa nova em sua carreira de magistrado. “É o enfrentamento de uma nova situação, visando conseguir novos objetivos”, disse ele.

O novo ministro, de 62 anos, formou-se pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, em 1966. Iniciou-se na magistratura em 1968, no cargo de juiz substituto, trabalhando em várias comarcas paulistas até chegar ao cargo de juiz de Direito das 19ª Vara Criminal e 4ª Vara da Fazenda Municipal. De 1984 a 1993, ocupou o cargo de juiz do Segundo Tribunal de Alçada Civil de São Paulo, sendo promovido a desembargador do Tribunal de Justiça paulista pelo critério de antigüidade.